Mercado Imobiliário - Venda de Imóvel usado cresce 2,77%

Os apartamentos lideram a preferência dos paulistanos.

O mercado imobiliário finalmente volta a apresentar uma reação e fecha fevereiro com saldo positivo. Segundo pesquisa divulgada pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Cresci-SP), no segundo mês do ano, o setor apresentou crescimento de 2,77% nas vendas de imóveis usados em relação a janeiro.

Os preços médios dos imóveis usados comercializados no mês de fevereiro apresentaram queda de 7,47% em comparação com janeiro. A pesquisa do sindicato foi realizada com 325 imobiliárias da cidade de São Paulo.

"A redução dos preços ajudou nas vendas, mas o grande empuxo veio do aumento dos financiamentos concedidos pelos bancos", afirma José Augusto Viana Neto, presidente do CRECISP.

O número de imóveis alugados também apresentou crescimento com 16,24% em relação ao primeiro mês do ano. Os apartamentos fora os mais locados, com 54,92% do total. As casa somaram 45,08% dos contratos.

A modalidade de garantia mais utilizada pelos inquilinos e proprietários foi o fiador, com 49,36%, enquanto o depósito de até três meses de aluguel foi de 25,49%. Já o seguro-fiança foi responsável por 18,42%.