Cerco eletrônico coloca PG no topo do ranking de redução de índices criminais

Cidade ficou em 1° lugar segundo dados da Secretaria de Segurança Pública

Praia Grande ficou em primeiro lugar no ranking de redução dos índices criminais da Polícia Militar do Estado de São Paulo, no segundo trimestre de 2018. Um dos fatores que contribuiu para essa posição, foi a instalação do chamado cerco eletrônico nos principais ecessos da Cidade.

Os dados fazem parte de levantamento da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) e integram uma tabela  de bonificação concedida aos policiais das corporações ao final do ano. De acordo com o comandante de 45º Batalhão da Polícia Militar (BPM-I), Maurício Vieira Izumi, o levantamento considera os índices relacionados aos seguintes crimes: latrocínio, roubo, furto, roubo de veículo e furto de veículo. "Os números absolutos são sigilosos e para chegar ao resultado são levados em conta, por exemplo, a média histórica ao longo dos anos e a meta a ser batida naquele período".

Ao comemorar a colocação no ranking, o comandante da unidade militar praia-grandense elencou o cerco eletrônico como mais um fator que contribuiu para o primeiro lugar. "Essa importante ferramenta foi responsável pela queda de mais de 60% nos roubos de veículos e este indicador entrou no cômputo da pontuação do ranking".

O secretário municipal de Assuntos de Segurança Pública, José Americo Franco Peixoto, observa ainda que este foi o primeiro ano do sistema implantado pela Administração Municipal e que ainda nem está completo e já apresenta tantos resultados. "Essa barreira continua em expansão. Atualmente, temos 106 equipamentos do tipo OCR, capazes de fazer o reconhecimento de caracteres instalados em pontos estratégicos. Para o próximo ano serão mais de 64 pontos com OCR, chegando a um total de 170".

As câmeras OCR têm uma tecnologia capaz de identificar qualquer veículo que entre e saia da Cidade facilitando o trabalho de investigação ou localizaçãode carros e motos que tenham sido furtados ou roubados. Dessa forma, assim que o crime é comunicado à Polícia Militar ou Guarda Civil Municipal (GCM) já é possível realizar as buscas pelos pontos "cercados", antes mesmo da elaboração de Boletim de Ocorrência. "É importante que a ocorrência seja comunicada o quanto antes para que a ação das polícias seja também rápida", destacou o secretário, obsevando ainda a importância da atuação da Guarda Civil Municipal em todo esse processo de redução dos índices.

Ao todo, o parque tecnológico de Praia Grande é composto por 2.136 câmeras e modernos softwares e já é considerado uma referência não apenas entre as cidades da Baixada Santista, mas também do estado de São Paulo e até mesmo do País.